19/08/2006

Titia Amélia

Minha Tia
Roberto Carlos / Erasmo Carlos

Titia Amélia há quanto tempo a gente não se vê
Mas acredite eu me lembro sempre muito de você
Eu não esqueço aquele tempo e a saudade me machuca
Quando eu ficava em sua casa numa Vila da Tijuca
Você sabia que eu queria ser cantor profissional
E vinha lá de Niterói pra ir a Rádio Nacional
Usando aquele antigo e tão surrado meu blusão de couro
Ia cantar minha esperança num programa de calouros
A minha vida mudou eu sei mas as lembranças eu guardarei
Tudo vai bem, titia pode crer eu me lembro sempre de você
Troquei a vida lá da vila por arranha céus gigantes
E aquela sua comidinha eu não encontro em restaurantes
Eu já não faço a minha cama como antes eu fazia
E a minha roupa limpa tem um jeito de lavanderia
Titia o meu endereço é uma grande confusão
Estou morando atualmente dentro de um avião
Não se preocupe que problemas você sabe muito bem
Em Niterói, Tijuca ou Londres todo mundo sempre tem
A minha vida mudou eu sei mas as lembranças eu guardarei
Tudo vai bem, titia pode crer
Eu me lembro sempre de você
Segue um retrato autografado com um carinho especial
O que escrevi na realidade não é muito original mas são
palavras tão sinceras minha tia pode crer
O tempo passa mas estou lembrando sempre de você
A minha vida mudou eu sei mas as lembranças eu guardarei

Um comentário:

AMBROSIO disse...

Quem nao tem uma tia assim, RC e Erasmo foram muito felizes na homenagem.