29 abril 2014

VDK-2967

Como mandante, uma vitória da Raposa na Série A:
2003: Cruzeiro 1x1 São Paulo
2004: Cruzeiro 2x1 São Paulo
2005: Cruzeiro 2x3 São Paulo
2006: Cruzeiro 2x2 São Paulo
2007: Cruzeiro 1x2 São Paulo
2008: Cruzeiro 1x1 São Paulo
2009: Cruzeiro 1x2 São Paulo
2010: Cruzeiro 0x2 São Paulo
2011: Cruzeiro 3x3 São Paulo
2012: Cruzeiro 2x3 São Paulo
2013: Cruzeiro 0x2 São Paulo
2014: Cruzeiro 1x1 São Paulo
#
=Recortagem (33)=
13

3 comentários:

fluminense disse...

Boooooooooa tarde amigos.

There at the end of the world there was a football club that had delusions of grandeur, every time I wanted to win a football match he was looking for a friend arbitration acostumaso barely beat his breast and said that winning stealing had more flavor, but it was too cowardly liked to put their blame on the accounts of others so today is the most hated among all.

Um The Best Abração para todos.


STSF Olavo

Fernando xaruto disse...

Para o Nobilíssimo PC


""O FLAMENGO MOSTRA MELHOR GESTÃO

Corinthians, São Paulo e Flamengo divulgaram recentemente os seus respectivos balanços de 2013, possibilitando tirar algumas conclusões.
Ano passado, os clubes não contaram com as luvas da Globo, que foram contabilizadas em 2012. Os clubes apresentaram um incremento muito forte em suas receitas por conta do aporte feito pela emissora, o que não se repetiu em ano passado.
São Paulo foi a agremiação que apresentou maior receita: R$ 364,7 milhões, um aumento de 28% em relação a 2012. Aumento este diretamente ocasionado pela venda do Lucas ao PSG da França.
O Corinthians fechou 2013 com um recuo nas receitas: R$ 316 milhões, redução de 12% As dividas fiscais triplicaram em 2013. Muito se deve a transferências de jogadores. Os impostos somaram a cifra de R$ 169 milhões, derrubando a tese de que o Timão é um modelo de gestão a ser seguido.
Já o Flamengo foi o ÚNICO que registrou um crescimento explorando a própria marca. Não houve arrecadação de um centavo sequer com a transferência de jogadores e arrecadou R$ 273 milhões, aumento de 29% em relação a 2012. O Flamengo supera os paulistas sem as transferencias de atletas.
O Flamengo buscou alternativas: R$ 16 milhões gerados pelo programa socio torcedor, R$ 48 milhões de venda de ingressos e outros R$ 53 milhões proporcionados pelo marketing do clube. Os gastos com o futebol foram de R$ 180 milhões, enquanto o défict recuou 68%.
Corinthians e São Paulo buscaram equilibrio nas transferências de jogadores ao contrário do Flamengo, QUE AINDA PAGOU SEUS IMPOSTOS EM DIA."

Por Amir Somoggi
colunista do Lance!Bizz"



Vovo Xaruto

Chico da Kombi disse...


Boa tarde, amigos.

Tanto lá, como cá...

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2014/04/29/fla-repete-botafogo-e-tem-patrocinador-investigado-por-crime-nos-eua.htm

Abraços ireceenses.