26 novembro 2013

VDK-2791

Histórico do Sport no Campeonato Brasileiro:
20030 na Série B (12V; 14E; 09D)
200417º na Série B (07V; 07E; 09D)
200516º na Série B (08V; 03E; 10D)
20060 na Série B (18V; 10E; 10D)
200714º na Série A (14V09E; 15D)
200811º na Série A (14V; 10E; 14D)
200920º na Série A (07V; 10E; 21D)
20100 na Série B (15V; 11E; 12D)
20110 na Série B (17V; 10E; 11D)
201217º na Série A (10V; 11E; 17D)
20130 na Série B (20V; 02E; 15D)
2014: 00º na Série A (00V; 00E; 00D)
1
===Gloriosa (195)===
vdk

10 comentários:

Fernando xaruto disse...

CArlito,

respeitosamente acredito que o amigo comete vários equívocos a saber:

1) O Flamengo recebe uma cota maior de patrocinio da TV em razão dele ter a maior torcida do Brasil. A torcida do Flamengo é grande não só no Rio mas no Brasil inteiro. Obviamente ele tem que receber mais que os outros em razão disto. É lei de mercado. Cada marca tem o seu valor.

2) Não penso que a Globo queira um campeonato só com Flamengo e Corinthians muito pelo contrário ela quer sempre todos os grandes juntos. Ela ganha muito mais ...

3) A razão do Flamengo ter a maior torcida do Brasil não se deve ao fato da Globo pagar mais ao Flamengo. Nos idos dos anos 40 ou 50 a Radio Nacional fez uma pesquisa aqui no Rio para saber qual era a maior torcida. Naquele tempo o Flamengo já ganhou disparado. Esta marca e3stá consolidada há mais de 7 décadas ... e é natural que tenha se espalhado pelo Brasil ... noticia boa também corre rápido o mundo ...

4) Não acho justo você chamar o atual time do Botafogo de amarelão. O amigo pode estar de certa forma desrespeitando os méritos da campanha do Cruzeiro, Atletico Pr, Gremio e Goias neste campeonato além é claro da boa campanha do Botafogo. Existe um equilibrio de forças (exceto o Cruzeiro) e qualquer que seja o resultado final será justo em relação a este equilibrio. Alguem não vai para a LA em 2014.

5) Não digo que a torcida do Botafogo tenha amarelado, mas continuo dando razão ao Sedoorf em "reclamar" da falta de apoio da torcida. O time faz boa campanha e ele desde que chegou ao Botafogo não teve o prazer de jogar num estadio totalmente lotado por botafoguenses ... isto certamente não aconteceria se ele tivesse optado em jogar pelo Flamengo, vasco ou Fluminense ... e com certeza até hoje ele não entende por que isso acontece ... até por que o Botafogo aqui no Rio tem torcedores mais do que suficientes para lotar varias vezes o Maracanã ...

6) O gozado é que voces sempre reclamaram do Botafogo não contratar um craque de renome. O MA traz o Sedoorf e tudo continua na mesma ... o Botafogo tem hoje o melhor time do Rio ... até eu reconheço isso mas no entanto os gloriosos não pensam assim ...

7) Para finalizar, respondendo a sua pilha, o fato de eu não ir ao Maracanã não me faz ser menos Flamengo do que o amigo ser botafoguense por que foi ver seu time jogar ... lembro que sou atualmente um INCORRIGIVEL flamenguista e um legitimo cubano ... nunca se esqueça disso ...


Vovô XAruto

Tarcisio disse...

Bom dia a todos, ontem assisti boa parte do Bem Amigos...
Tive que aturar o malasemalça do Galvão para poder ouvir os comentarios sempre inteligentes do nosso grande craque Seedorf e mais uma vez mostrou-se muito carismático, muito embora acho que não tenha sido bem explorado a sua presença.
Quanto ao mata a mata, sou fã de carteirinha mas reconheço que o sistema de pontos corridos vai sempre premiar o melhor time ao longo de todo o campeonato.
Em contra partida, jamais teremos entrega de jogos e os oito times se enfrentando no sistema ida e volta, seria muito mais glamoroso.
Mais entendo que nem datas teríamos para esses jogos finais.
É isso...

Abs a todos

Fernando xaruto disse...

Tarcisio,

a Copa do Brasil é no sistema mata mata ... pra que mais? ... Deixa o brão nos pontos corridos ...


CARLITO PARA XARUTO disse...

O fato de um time ter maior torcida não justifica uma diferença tão grande de patrocínio na minha opinião.

Isso cria um desequilíbrio muito grande. Por uma questão muito simples. Um time que tem 150 milhões de patrocínio com certeza terá melhores condições de contratar que um que dispõe de 30 ou 40 milhões. Não acho que o fato de sua torcida ser maior, justifique essa diferença abissal.

A Rede Globo está acabando com o futebol brasileiro. Ao impor o horário de 22 horas para jogos e promover essa discrepância tão grande.

Esse favorecimento aos times de maior torcida está criando um desequilíbrio muito grande e já está trazendo um enfraquecimento do nosso futebol.

E muito embora, o amigo não goste de admitir, o seu time durante mais de 30 anos, foi patrocinado de forma irregular pela Petrobrás ou seja, com dinheiro público.

Domingo o Botafogo tinha que ganhar do SPFC para voltar ao G4 e mais uma vez, amarelou. O Seedorf preferiu o Botafogo por ser um cara culto e saber o que representa a camisa alvinegra para a história do futebol mundial e brasileiro. Ele já disse isso. Inclusive, o S. Paulo queria contratá-lo e ele preferiu o Botafogo.



Chico da Kombi disse...


Boa tarde, amigos.

Carlito Alvinegro, mesmo com todo apoio "moral" da mídia e financeiro da TV Globo, compare as campanhas dos "povudos" e "milionários" Corinthians e Flamengo com as campanhas dos desvalidos Atlético Paranaense (2º), Goiás (4º) e Vitória (7º).
Sem falar dos pobretões Cruzeiro, Galo, Grêmio, Botafogo...

Muito dinheiro e pouco futebol.

A tal espanholização do futebol brasileiro ainda vai demorar 200 anos para se concretizar.

FORÇA BOTAFOGO!


Abraços, vovô Xaruto, Tarcisão Norusca e Carlito Alvinegro.



fluminense disse...

Booooooooooa tarde Amigos.

Metendo a colher nessa sopa do carlito com xaruto:

A coisa e o Corinthians é parte de um todo, independe o tamanho de suas torcidas eles sem os demais simplesmente não existem para o futebol, o que não se pode dizer dos demais, podemos ter um Brão com 18 mas não podemos ter com 2, dessa forma o patrocínio deveria ser dividido pelos 20 de forma meritória cabendo ao campeão do ano anterior uma cota um pouco maior e aos 3 melhores colocados uma cota de premiação que não crie diferenças absurdas!


Um The Best Abração para todos.



STSF Olavo

fluminense disse...

notícias
Deputado articula ação do Governo para equilibrar cotas de TV
Vicente Cândido (PT-SP) quer evitar disparidade nos direitos de transmissão

Publicado em 26 de novembro de 2013 às 16:59
Deputado defende distribuição mais igualitária do dinheiro da televisão entre os clubes. Flamengo e Corinthians têm a maior fatia do bolo no Brasil
Deputado defende distribuição mais igualitária do dinheiro da televisão entre os clubes. Flamengo e Corinthians têm a maior fatia do bolo no Brasil

O deputado Vicente Cândido (PT-SP) articula uma ação do Governo para haver mais equilíbrio na distribuição das cotas de direitos de transmissão da TV Globo no Brasil. O político quer evitar a disparidade que poderia fazer a disputa do Campeonato Brasileiro ficar restrita a poucos clubes. Na Primeira Divisão, Flamengo e Corinthians ficam com a maior parte do bolo.

Vicente, que também é vice da Federação Paulista e conselheiro do Corinthians, defende que a diferença das cotas deve ser menor entre os clubes e defende dois caminhos: o primeiro é ter o Ministério do Esporte como mediador de um pacto entre clubes e a Globo (ou outras emissoras que comprassem os direitos de transmissão). A outra é aprovar um projeto de lei que defina critérios para a distribuição do dinheiro.

- Imagino que até a Globo esteja incomodada com essa distorção. Não interessa para ela ter o Corinthians como único grande de São Paulo, por exemplo. Talvez seja difícil para a Globo fazer essa mudança, e é papel do governo discutir isso. Vamos arbitrar uma solução. O futebol permite o debate entre estatal e privado. A dinâmica da discussão vai dizer se isso deve ser feito por meio de um projeto de lei ou não – disse o político.

O Ministério do Esporte ainda não tem uma posição oficial sobre o assunto. Mas o secretário nacional de futebol e defesa do consumidor, Toninho Nascimento, admite receio de que dois clubes fiquem muito mais fortes que os demais, como Barcelona e Real Madrid na Espanha.

- Há uma certa preocupação com o risco de “espanholização” do Campeonato Brasileiro. Tenho discutido isso com os clubes. Existem alguns modelos mais equilibrados usados no exterior que poderiam ser adotados aqui. Como o Inglês em que 25% do dinheiro da TV depende da importância do time, 25% do resultado esportivo e 50% são iguais para todos – disse.

Fonte: Blog do Perrone - Uol - Autor: Rodrigo Mendes


STSF Olavo

CARLITO disse...

Concordo na íntegra com os argumentos do Olavo. Até deputados já perceberam que essa disparidade na concessão dos direitos de TV pode provocar o empobrecimento do futebol brasileiro. Só o Xaruto por razões óbvias, não quer admitir isso.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Por falar no Olavo, nesse fim de semana tricolores e vascaínos irão torcer pelo Botafogo com a mesma intensidade que os próprios alvinegros. Jogo de domingo no Paraná, decide a vida pode decidir a vida e o ano de três times cariocas.

Só falta a Globo televisionar jogo do Flamengo. kkkkkkk


fluminense disse...

são pasrte de um todo


STSF Olavo

CARLITO disse...

Segundo análise do Juca Kfouri, se o Botafogo perder para o Coritiba, o Vasco e o Flu, caem para a segunda divisão.

Já pensou a carga emocional que vai envolver esse jogo que é de vida ou morte para nossas pretensões à Liberadores.